//VISTORIA DE IMOVEIS: Como implementar Relatórios Fotográficos

VISTORIA DE IMOVEIS: Como implementar Relatórios Fotográficos

No dia a dia das empresas do setor de construção civil, as vistorias de imoveis dentro do setor de construção civil, são fundamentais e tem como objetivo, prevenir possíveis irregularidades durante o andamento da obra, além de amparar judicialmente as construtoras. O relatório fotográfico é um documento muito aplicado na manutenção e dentro do checklist de vistoria das obras, sendo um procedimento comum geralmente em obras que visam infraestrutura, devido a sua escala, e consequentemente tem maiores chance de surgirem problemas.

O QUE É UM RELATÓRIO FOTOGRÁFICO?

O relatório Fotográfico é um documento que tem como objetivo prevenir possíveis irregularidades durante o andamento da obra, e visa amparar judicialmente as prestadoras de serviço na execução de um trabalho, ou muitas vezes serve para embasar o balanço patrimonal. Gerado a partir de fotos detalhadas tiradas no momento em que o serviço é realizado, deve contar com a descrição dos problemas e soluções aplicadas. O auxilio de softwares para vistoria de imoveis tem se popularizado nos últimos anos, porem ainda é preciso saber como organizar de forma correta as imagens e os relatórios técnicos para que quando combinados se tornem coerentes.

As vistorias de imoveis consistem basicamente na observação e listagem de situações ou fatos irregulares presentes na obra. É comum que devido ao grande volume de informações a serem relatadas, as informações se tornem confusas, e o entendimento do laudo seja comprometido, tornando o documento incompleto.

O relatório fotográfico do BiBlue expõe as informações por meio de imagens, e as organiza por data, localização ou serviço que está sendo executado, facilitando o entendimento, e permitindo que se tenha um visão clara da situação apresentada no momento da visita. É possível que o profissional indique de forma especifica e detalhada a situação da obra.

COMO PRODUZIR RELATÓRIOS FOTOGRÁFICOS?

O relatório fotográfico pode ser elaborado por um auditor ou técnico que realiza o serviço que deve dar atenção ao modo de se realizar o registro, aumentando ou diminuindo o “enquadramento” dependendo do objetivo a ser mostrado na vistoria. Feito isso deve-se sempre adicionar legendas e marcações descrevendo objetivamente o que está sendo mostrado, a identificação do cliente, e a data em que foi realizada a vistoria, tornando o relatório o mais completo e detalhado possível. Após isso basta anexar o relatório personalizado e anexa-lo ao laudo técnico.

A vantagem de utilizar sofwares para a vistoria de imoveis, que coletam os dados da vistoria e geram o documento de forma automática é a inclusão de informações adicionais como localização por GPS e assinatura digital, além de evitar trabalho adicional no escritório, na criação de documentos no Word ou planilhas no Excel.